Intertotal

O Google está tornando mais fácil para desenvolvedores de aplicativos se conectarem com os usuários por meio do “Google+ Sign-In”, um novo recurso que permite às pessoas acessarem apps de terceiros usando as credenciais do Google+/Gmail.

As informações do usuário da rede social são automaticamente enviadas para o aplicativo com a ferramenta, que está disponível para Android, iOS e desenvolvedores de aplicativos web. “É simples, seguro e inibe o spam social”, disse o diretor de gerenciamento de produtos do Google+, Seth Sternberg, em um post no blog de desenvolvedores da empresa.

O novo recurso tem por objetivo tornar o Google+ e a plataforma de desenvolvedores da empresa mais amplamente utilizados, enquanto outras redes sociais como Facebook e Twitter já oferecem acesso fácil a aplicativos de terceiros.

Como funciona
O Sign-In funciona assim: se uma pessoa está cadastrada no Gmail, YouTube ou qualquer outro serviço do Google, ela pode acessar um aplicativo externo com as mesmas credenciais (login e senha).

A pessoa, então, será redirecionada a uma página de permissão do Google+ que descreve os dados que ela estará compartilhando com o aplicativo, que podem ser personalizados, como mostra a imagem abaixo:bb52a2c57c6448fa0ef334c708b2b9e2

Permissão de acesso para aplicativos terceiros

O Google está destacando os controles de compartilhamento de conteúdo do Sign-in como uma das principais características do serviço. A funcionalidade baseia-se na premissa de que os usuários podem querer compartilhar certos tipos de conteúdo de aplicativos com algumas pessoas, mas não com todos de sua rede.

Os controles de compartilhamento também são projetados para incentivar o engajamento com aplicativos no Google+. Quando os usuários da rede social compartilharem um app que usa o Google+ Sign-In, amigos poderão ver um novo post “interativo” no feed.

Clicar na mensagem levará a pessoa para dentro do aplicativo, onde ela pode comprar, ouvir ou rever o que foi compartilhado, disse o Google.

O Google+ Sign-In também simplifica o processo de instalação do aplicativo em desktops e dispositivos móveis. Quando usuários do Android acessam um app em um desktop, eles podem instalar a versão móvel do mesmo programa em seu aparelho com um único clique, explicou a gigante.

A empresa disse também que o seu novo serviço é uma maneira fácil para os usuários se envolverem com aplicativos e direcionarem melhor com quem compartilham na rede social.

O recurso funciona similar ao modo como as pessoas podem se cadastrar em apps com as credenciais do Facebook e do Twitter.06dbd4ed76dfaad165219655cf43361b

Exemplo retirado do site Fitbit.com

Ainda assim, a plataforma para desenvolvedores Sign-In foi lançada mais de um ano e meio depois do Google+.

Desenvolvedores que atualmente usam o recurso o Sign-In incluem OpenTable, Flixster, The Guardian e EUA Today. O lançamento de terça-feira é uma versão inicial, segundo a gigante. “Nós estamos apenas começando”, disse Sternberg.

Via idgnow

11 de março de 2013

Google cria sistema de autenticação para competir com FB e Twitter

O Google está tornando mais fácil para desenvolvedores de aplicativos se conectarem com os usuários por meio do “Google+ Sign-In”, um novo recurso que permite às […]
8 de março de 2013

Dujour é um aplicativo para amantes da moda

Dizem que na verdade mulher se veste para outra mulher ver, então, imagina sua vida com um aplicativo que te ajuda a mostrar seu look para […]
8 de março de 2013

Intercâmbios são temas de palestras no Recife

Intercâmbio acadêmico e o Programa Ciências sem Fronteiras, do Governo Federal, são temas das palestras que a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) realizará do dia 12 […]
6 de março de 2013

Vimeo agora oferece mais de 500 filtros de visual profissional na hora da edição

Vimeo agora também faz parte da popularidade de filtros analógicos, ao adicionar esta função à ferramenta de efeitos visuais Looks, oferecendo mais de 500 filtros com visual profissional […]